Fisiculturismo


Nesta modalidade, os atletas treinam para desenvolver todas as partes de seu corpo e músculos a fim de obter o tamanho máximo, mas de forma equilibrada e com harmonia.
Não deve haver “pontos fracos”, e nem músculos subdesenvolvidos. Aqueles que conseguirem demonstrar maior riqueza de detalhes musculares receberão as maiores pontuações nas competições. E a outra questão fundamental a ser avaliada é a linha, ou seja, a visão geral do físico, que deve ser construído de forma proporcional e simétrica.
Além disso, para atingir a condição desejada, eles seguem um ciclo especial de treinamento e dieta pré-competição, para diminuir o nível de gordura corporal ao mais baixo possível, e remover toda a água abaixo da pele, para então poder demonstrar toda a qualidade de seus músculos: densidade, separação e definição muscular.
Estas qualidades são exibidas nas rodadas de avaliação do Físico, quando os todos os atletas concorrentes executam as poses obrigatórias, durante comparações em grupos de 3 a 5 atletas, conforme orientação dos Árbitros. Os Atletas devem executar as poses e rotinas com os pés descalços, e de sunga.
Há também uma rodada coreográfica onde os atletas podem mostrar seu físico numa apresentação de 60 segundos utilizando música de sua escolha. Deve ser uma apresentação artística atraente, incluindo as poses obrigatórias e movimentos não obrigatórios. Não são permitidos saltos mortais.
As classificações dos atletas são obtidas a partir das notas das rodadas de físicos e da rodada coreográfica, onde cada árbitro atribui uma colocação individual a cada atleta, dos primeiro ao ultimo lugar.

Filiação, campeonatos e informações:

Arbitragem (dúvidas e regras):

Siga-nos:

Patrocínio:

logo-blackskull.png